O que fazer em Campos do Jordão na temporada de inverno 2016

Chegou a hora de tirar os casacos do guarda-roupa. A partir do dia 26 de maio, feriado de Corpus Christi, um ruidoso circo de inverno será armado em Campos do Jordão, abrindo oficialmente a temporada 2016 de badalação, gastronomia e entretenimento na grande estrela da Serra da Mantiqueira.

 

De carona nos SUVs dos paulistanos, os preços da alta estação também sobem a serra e vão além dos 1628 metros de altitude da estância, mas até para isso há uma boa solução: Campos do Jordão é uma das cidades paulistas com maior número de imóveis no AlugueTemporada, somando cerca de 370 opções. Mesmo nas casas mais luxuosas, a elevada quantidade de quartos possibilita que turmas de amigos e famílias numerosas se acomodem muito bem a preços de hospedagem econômica!

 

Onde ficar no bairro Alto da Boa Vista: https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p3943778

 

campos1.jpg

 

Devidamente instalados, passemos aos destaques da cidade, que entra no inverno cheia de novidades. A primeira e mais perceptível delas é urbanística: a Rua Djalma Forjaz, a mesma da concorrida cervejaria Baden Baden, virou calçadão a partir da Avenida Emílio Ribas até a Macedo Soares, que foi igualmente pavimentada para pedestres da esquina com a Djalma à Praça do Capivari (para quem não conhece Campos, Capivari é também o nome do bairro, o mais turístico da cidade). Com as obras, que foram concluídas nos últimos meses, carros não circulam mais pelo centro nevrálgico da temporada de inverno.

 

Veja onde ficar em Capivari: https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p3992588

 

o que fazer em campos de jordao

 

Outra mudança importante será percebida no Market Plaza, o "shopping do João Doria", que ao longo do ano funciona como Convention Center e neste inverno abdicará das lojas sazonais para se converter num grande centro de entretenimento. Rebatizado de Arena Plaza para a alta estação de 2016, o espaço funcionará entre os dias 8 e 31 de julho, de quinta a domingo, com shows pagos de artistas badalados às sextas e aos sábados à noite, balada com DJs na sequência das apresentações, pocket shows de musicais, stand up comedy, espetáculos infantis nas manhãs de domingo e workshops de temas que vão da literatura à filosofia, sob curadoria da renomada Casa do Saber.

 

No subsolo do Arena Plaza, única área aberta todos os dias (segunda a domingo, das 11h30 às 22h30), exposições de fotografia, pintura e grafite estarão a poucos passos de uma praça de alimentação com 15 food trucks previstos. Até a edição final deste texto, o Grupo Doria ainda não tinha definições de preços nem a programação montada, mas já confirmava o show do Jota Quest para o primeiro fim de semana e projetava nomes como Nando Reis, Capital Inicial, DJ Alok, a musa do funk Anitta, o espetáculo infantil Galinha Pintadinha e uma versão pocket do musical de Elis Regina para a temporada. A expectativa é que um site do Arena seja lançado e mostre as atrações ainda às vésperas do inverno. Para mais informações, os telefones do empreendimento são 11/3039-6065/6062/6050 e, em Campos, 12/3663-5144.

 

Um mês antes do funcionamento do Arena, porém, chega o feriado que deixa os adolescentes, universitários, solteiros e afins agitadíssimos. Corpus Christi em Campos do Jordão? Save the date! A abertura oficial do inverno na cidade lota a Vila Capivari de jovens que fazem dessa data um grande acontecimento. E, a julgar pela programação das baladas, o funk será o ritmo da estação, seguido de música eletrônica e do sertanejo universitário.   

 

Em seu segundo ano de Campos, o badalado Cafe de la Musique, no Shopping Aspen Mall (coração da Vila Capivari), terá o duo francês Amine Edge & Dance, no dia 26, o DJ goiano Illusionize, dia 27, e o Baile da Favorita, com o funk carioca de Nego do Borel, Marcio G e DJ Wally, no dia 28.

 

Veja onde ficar em Capivari: https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p4141866

 

inverno em campos do jordao

 

Na velha conhecida Winter Lounge (Rua Camilo de Morais com Rafael Pelegrini Gianotti), o dia 26 será dedicado à festa Electrize, com os DJs Chapeleiro, Liu e Malik Mustache. No dia 27, a partir das 15h, rola a Finally I'm Solto. E à noite, a balada Sweet Lies, com Família Mada & MC Bola. No dia 28, será a vez de Mr. Catra tremer as caixas na noite Fun K Fun

 

Tem mais. A Kiss & Fly (Rua José Oliveira Damas, 500) tocará muito funk, rap e eletrônico com MC João (dia 26), Tati Zaqui e Rodolfinho (27) e Jason Sales e MC Davi (28). Para os fãs de sertanejo, o Villa Mix (Avenida Doutor Vitor Godinho, 186) montou um pacotão de feriado com shows de Talis & Welinton (dia 26), Matheus & Kauan (27) e Bruninho & Davi (28).

 

Endereço das melhores sunset parties: o lounge Fire Up, na Av. Dr. Vitor Godinho, chega à nona temporada prometendo DJs renomados e muito frisson. Outro esquenta de responsa é o do bar Villa di Phoenix, que se transforma em animada pista de dança.

 

Longe da Vila Capivari, no dia 26, a famosa balada Warung, de Itajaí (SC), monta sua rave desde as 15h no Haras do Itapeva (Estrada para o Pico do Itapeva, 7800), com os DJs Gabe, Kolombo e Dashdot no comando. No dia seguinte, no mesmo espaço e horário, a festa Só Track Boa deve ferver ao som de música eletrônica. 

 

Durante toda a temporada, as casas noturnas e espaços para baladas funcionam a mil nos fins de semana. Para divulgar a programação, promoters distribuem flyers na Rua Djalma Forjaz e por quase toda a Vila Capivari à noite. Conforme novas festas forem anunciadas, sites como o Sem Hora, de venda de ingressos, darão maiores detalhes. 

 

Para muita gente, no entanto, o melhor da música - e não do fervo - em Campos não promete MCs, DJs e duplas sertanejas. Maior evento de música clássica da América Latina, o Festival de Inverno de Campos do Jordão chega à sua 47ª edição com grandes músicos e orquestras do Brasil e do exterior. Até a edição final deste texto, a Fundação Osesp, organizadora da programação, ainda não tinha os nomes confirmados para este ano, mas adiantou ao AlugueTemporada que o festival acontecerá de 2 a 30 de julho mantendo suas tradições: o palco principal será o tradicional Auditório Claudio Santoro, no Alto da Boa Vista, cabendo à Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) a execução do concerto de estreia.

 

Com tanta gente interessante na cidade, Campos não poderia fazer feio na gastronomia, e não faz. Entre os endereços tradicionais, o alemão Harry Pisek, na Estrada do Horto, é notório pelas salsichas de fabricação própria e pelo saboroso eisbein (joelho de porco) como prato principal. Antes de ir embora, aproveite para levar pra casa um dos embutidos caseiros e a saborosa mostarda com mel, alguns dos produtos à venda.

 

Entre as fondues, a cidade tem pelo menos quatro rechauds de excelência em endereços consagrados. A disputa é parelha entre o Toribinha, dentro do septuagenário Hotel Toriba, o romântico Le Foyer, na Pousada Chateau La Villette, o aristocrático restaurante Ludwig e o movimentado Só Queijo, os dois últimos na Vila Capivari.

 

Da Suíça para a Argentina, são uma grata surpresa os cortes bovinos do Libertango, como o ojo de bife e o bife de tira. Ainda na Vila Capivari, mas com sotaque serrano, o Confraria do Sabor serve uma elogiável truta grelhada com crosta cítrica de molho de limão e tem boa seleção de vinhos e cervejas. 

 

A 20 km de Capivari, no bucólico e rural Bairro dos Mellos, ficam dois restaurantes que valem a "viagem" por motivos distintos. Com jeito de mercearia do interior, o Empório dos Mellos é tocado por uma cooperativa que planta as ervas, assa os pães e pilota a cozinha, de onde saem receitas caipiras (uma mais saborosa que a outra) como galinha com quiabo e farofa de banana, e costelinha suína com arroz, feijão e couve. Perto dali, a cozinha brasileira dá um salto de sofisticação no Mina, que também preza os ingredientes regionais, mas em composições mais ambiciosas - como é o estilo do incensado Hotel Botanique, onde está localizado. Para provar pratos como o pintado grelhado com arroz vermelho e vinagrete de baru, é imprescindível reservar e fazer um acerto antecipado.

 

Para enganar a fome, a Vila Capivari tem dois endereços na Macedo Soares para paladares diversos. No Lugarzinho, o café bem tirado pode acompanhar um bulezinho de leite e vai bem com o brioche de cenoura com manteiga e geleias. Bem mais ogro, o famoso Pastelão do Maluf vende o salgado com 32 centímetros de comprimento, um deles recheado com carne, ovo, tomate e azeitonas – uma refeição completa.

 

Já seria o suficiente para se esbaldar em Campos do Jordão, mas é justamente aí que reside um lapso comum de quem visita a cidade: há muito mais pra fazer na cidade além do lifestyle e do burburinho de Capivari. No Palácio Boa Vista, por exemplo, residência de inverno do governador de São Paulo, o edifício de feições medievais exibe mobiliário barroco, imagens sacras e obras de modernistas como Tarsila do Amaral e Portinari. A caminho do palácio, na Casa da Xilogravura, a técnica de impressão com madeira talhada pode ser apreciada em mais de 400 trabalhos de gravadores brasileiros e estrangeiros. Mesmo quem não trocaria por nada o icônico e efervescente bar Baden Baden da Djalma Forjaz, o marco-zero de fato de Campos de Jordão, encontra um programa com o seu perfil: visitar a fábrica da cervejaria, sob agendamento, e conhecer o processo de produção das bebidas, além de provar mais um pouquinho delas.

 

Veja onde ficar no Jardim Andira: https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p534155510

 

chalé campos do jordao

 

Por fim, os plátanos que adornam graciosamente a linha do bonde (a mais alta do país, chegando a 1743 metros), as araucárias que envergam seus galhos e grimpas com tamanha elegância, e o relevo montanhoso de tão belas saliências merecem uma atenção cuidadosa para a natureza de Campos do Jordão. Os passeios vão desde o paisagismo plácido do Parque Amantikir, formado por jardins temáticos de diversos países, até os arvorismos, rapéis e tirolesas dos parques Aventura no RanchoBosque do Silêncio e Tarundu, este último um programão para famílias por agregar atividades como paintball, orbit ball, arco e flecha, patinação no gelo, minigolfe e passeios a cavalo. Aliás, para quem almeja uma cavalgada mais personalizada, a Hípica Golf tem animais de raça e infra especializada.

 

Se ainda sobrar fôlego, considere fazer uma das trilhas do Horto Florestal, que tem trekkings até para crianças, ou radicalize de vez e escale a Pedra do Baú (1950 metros), desafio num paredão vertical com 300 degraus de ferro presos na pedra – Não deixe de contratar um guia com equipamentos de segurança.

 

Veja onde ficar na base da Pedra do Baú: https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p966725

 

chalé

 

Separe o figurino europeu para combinar com as fachadas normandas e fazer bonito na entrevista para o Amaury Jr. Campos do Jordão, como as lareiras das casas e chalés da cidade, is on fire!

 

https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p584286032

 

chalé