O que fazer em Campos do Jordão na temporada de inverno 2016

Chegou a hora de tirar os casacos do guarda-roupa. A partir do dia 26 de maio, feriado de Corpus Christi, um ruidoso circo de inverno será armado em Campos do Jordão, abrindo oficialmente a temporada 2016 de badalação, gastronomia e entretenimento na grande estrela da Serra da Mantiqueira.

De carona nos SUVs dos paulistanos, os preços da alta estação também sobem a serra e vão além dos 1628 metros de altitude da estância, mas até para isso há uma boa solução: Campos do Jordão é uma das cidades paulistas com maior número de imóveis no AlugueTemporada, somando cerca de 370 opções. Mesmo nas casas mais luxuosas, a elevada quantidade de quartos possibilita que turmas de amigos e famílias numerosas se acomodem muito bem a preços de hospedagem econômica!

Casa no bairro Alto da Boa Vista

Devidamente instalados, passemos aos destaques da cidade, que entra no inverno cheia de novidades. A primeira e mais perceptível delas é urbanística: a Rua Djalma Forjaz, a mesma da concorrida cervejaria Baden Baden, virou calçadão a partir da Avenida Emílio Ribas até a Macedo Soares, que foi igualmente pavimentada para pedestres da esquina com a Djalma à Praça do Capivari (para quem não conhece Campos, Capivari é também o nome do bairro, o mais turístico da cidade). Com as obras, que foram concluídas nos últimos meses, carros não circulam mais pelo centro nevrálgico da temporada de inverno.

Casa no bairro de Capivari

Outra mudança importante será percebida no Market Plaza, o "shopping do João Doria", que ao longo do ano funciona como Convention Center e neste inverno abdicará das lojas sazonais para se converter num grande centro de entretenimento. Rebatizado de Arena Plaza para a alta estação de 2016, o espaço funcionará entre os dias 8 e 31 de julho, de quinta a domingo, com shows pagos de artistas badalados às sextas e aos sábados à noite, balada com DJs na sequência das apresentações, pocket shows de musicais, stand up comedy, espetáculos infantis nas manhãs de domingo e workshops de temas que vão da literatura à filosofia, sob curadoria da renomada Casa do Saber.

No subsolo do Arena Plaza, única área aberta todos os dias (segunda a domingo, das 11h30 às 22h30), exposições de fotografia, pintura e grafite estarão a poucos passos de uma praça de alimentação com 15 food trucks previstos. Até a edição final deste texto, o Grupo Doria ainda não tinha definições de preços nem a programação montada, mas já confirmava o show do Jota Quest para o primeiro fim de semana e projetava nomes como Nando Reis, Capital Inicial, DJ Alok, a musa do funk Anitta, o espetáculo infantil Galinha Pintadinha e uma versão pocket do musical de Elis Regina para a temporada. A expectativa é que um site do Arena seja lançado e mostre as atrações ainda às vésperas do inverno. Para mais informações, os telefones do empreendimento são 11/3039-6065/6062/6050 e, em Campos, 12/3663-5144.

Um mês antes do funcionamento do Arena, porém, chega o feriado que deixa os adolescentes, universitários, solteiros e afins agitadíssimos. Corpus Christi em Campos do Jordão? Save the date! A abertura oficial do inverno na cidade lota a Vila Capivari de jovens que fazem dessa data um grande acontecimento. E, a julgar pela programação das baladas, o funk será o ritmo da estação, seguido de música eletrônica e do sertanejo universitário.

Em seu segundo ano de Campos, o badalado Cafe de la Musique, no Shopping Aspen Mall (coração da Vila Capivari), terá o duo francês Amine Edge & Dance, no dia 26, o DJ goiano Illusionize, dia 27, e o Baile da Favorita, com o funk carioca de Nego do Borel, Marcio G e DJ Wally, no dia 28.

Casa no bairro de Capivari

Na velha conhecida Winter Lounge (Rua Camilo de Morais com Rafael Pelegrini Gianotti), o dia 26 será dedicado à festa Electrize, com os DJs Chapeleiro, Liu e Malik Mustache. No dia 27, a partir das 15h, rola a Finally I'm Solto. E à noite, a balada Sweet Lies, com Família Mada & MC Bola. No dia 28, será a vez de Mr. Catra tremer as caixas na noite Fun K Fun.

Tem mais. A Kiss & Fly (Rua José Oliveira Damas, 500) tocará muito funk, rap e eletrônico com MC João (dia 26), Tati Zaqui e Rodolfinho (27) e Jason Sales e MC Davi (28). Para os fãs de sertanejo, o Villa Mix (Avenida Doutor Vitor Godinho, 186) montou um pacotão de feriado com shows de Talis & Welinton (dia 26), Matheus & Kauan (27) e Bruninho & Davi (28).

Endereço das melhores sunset parties: o lounge Fire Up, na Av. Dr. Vitor Godinho, chega à nona temporada prometendo DJs renomados e muito frisson. Outro esquenta de responsa é o do bar Villa di Phoenix, que se transforma em animada pista de dança.

Longe da Vila Capivari, no dia 26, a famosa balada Warung, de Itajaí (SC), monta sua rave desde as 15h no Haras do Itapeva (Estrada para o Pico do Itapeva, 7800), com os DJs Gabe, Kolombo e Dashdot no comando. No dia seguinte, no mesmo espaço e horário, a festa Só Track Boa deve ferver ao som de música eletrônica.

Durante toda a temporada, as casas noturnas e espaços para baladas funcionam a mil nos fins de semana. Para divulgar a programação, promoters distribuem flyers na Rua Djalma Forjaz e por quase toda a Vila Capivari à noite. Conforme novas festas forem anunciadas, sites como o Sem Hora, de venda de ingressos, darão maiores detalhes.

Para muita gente, no entanto, o melhor da música - e não do fervo - em Campos não promete MCs, DJs e duplas sertanejas. Maior evento de música clássica da América Latina, o Festival de Inverno de Campos do Jordão chega à sua 47ª edição com grandes músicos e orquestras do Brasil e do exterior. Até a edição final deste texto, a Fundação Osesp, organizadora da programação, ainda não tinha os nomes confirmados para este ano, mas adiantou ao AlugueTemporada que o festival acontecerá de 2 a 30 de julho mantendo suas tradições: o palco principal será o tradicional Auditório Claudio Santoro, no Alto da Boa Vista, cabendo à Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) a execução do concerto de estreia.

Com tanta gente interessante na cidade, Campos não poderia fazer feio na gastronomia, e não faz. Entre os endereços tradicionais, o alemão Harry Pisek, na Estrada do Horto, é notório pelas salsichas de fabricação própria e pelo saboroso eisbein (joelho de porco) como prato principal. Antes de ir embora, aproveite para levar pra casa um dos embutidos caseiros e a saborosa mostarda com mel, alguns dos produtos à venda.

Entre as fondues, a cidade tem pelo menos quatro rechauds de excelência em endereços consagrados. A disputa é parelha entre o Toribinha, dentro do septuagenário Hotel Toriba, o romântico Le Foyer, na Pousada Chateau La Villette, o aristocrático restaurante Ludwig e o movimentado Só Queijo, os dois últimos na Vila Capivari.

Da Suíça para a Argentina, são uma grata surpresa os cortes bovinos do Libertango, como o ojo de bife e o bife de tira. Ainda na Vila Capivari, mas com sotaque serrano, o Confraria do Sabor serve uma elogiável truta grelhada com crosta cítrica de molho de limão e tem boa seleção de vinhos e cervejas.

A 20 km de Capivari, no bucólico e rural Bairro dos Mellos, ficam dois restaurantes que valem a "viagem" por motivos distintos. Com jeito de mercearia do interior, o Empório dos Mellos é tocado por uma cooperativa que planta as ervas, assa os pães e pilota a cozinha, de onde saem receitas caipiras (uma mais saborosa que a outra) como galinha com quiabo e farofa de banana, e costelinha suína com arroz, feijão e couve. Perto dali, a cozinha brasileira dá um salto de sofisticação no Mina, que também preza os ingredientes regionais, mas em composições mais ambiciosas - como é o estilo do incensado Hotel Botanique, onde está localizado. Para provar pratos como o pintado grelhado com arroz vermelho e vinagrete de baru, é imprescindível reservar e fazer um acerto antecipado.

Para enganar a fome, a Vila Capivari tem dois endereços na Macedo Soares para paladares diversos. No Lugarzinho, o café bem tirado pode acompanhar um bulezinho de leite e vai bem com o brioche de cenoura com manteiga e geleias. Bem mais ogro, o famoso Pastelão do Maluf vende o salgado com 32 centímetros de comprimento, um deles recheado com carne, ovo, tomate e azeitonas – uma refeição completa.

Já seria o suficiente para se esbaldar em Campos do Jordão, mas é justamente aí que reside um lapso comum de quem visita a cidade: há muito mais pra fazer na cidade além do lifestyle e do burburinho de Capivari. No Palácio Boa Vista, por exemplo, residência de inverno do governador de São Paulo, o edifício de feições medievais exibe mobiliário barroco, imagens sacras e obras de modernistas como Tarsila do Amaral e Portinari. A caminho do palácio, na Casa da Xilogravura, a técnica de impressão com madeira talhada pode ser apreciada em mais de 400 trabalhos de gravadores brasileiros e estrangeiros. Mesmo quem não trocaria por nada o icônico e efervescente bar Baden Baden da Djalma Forjaz, o marco-zero de fato de Campos de Jordão, encontra um programa com o seu perfil: visitar a fábrica da cervejaria, sob agendamento, e conhecer o processo de produção das bebidas, além de provar mais um pouquinho delas.

Chalé no bairro de Jardim Andira

Por fim, os plátanos que adornam graciosamente a linha do bonde (a mais alta do país, chegando a 1743 metros), as araucárias que envergam seus galhos e grimpas com tamanha elegância, e o relevo montanhoso de tão belas saliências merecem uma atenção cuidadosa para a natureza de Campos do Jordão. Os passeios vão desde o paisagismo plácido do Parque Amantikir, formado por jardins temáticos de diversos países, até os arvorismos, rapéis e tirolesas dos parques Aventura no Rancho, Bosque do Silêncio e Tarundu, este último um programão para famílias por agregar atividades como paintball, orbit ball, arco e flecha, patinação no gelo, minigolfe e passeios a cavalo. Aliás, para quem almeja uma cavalgada mais personalizada, a Hípica Golf tem animais de raça e infra especializada.

Se ainda sobrar fôlego, considere fazer uma das trilhas do Horto Florestal, que tem trekkings até para crianças, ou radicalize de vez e escale a Pedra do Baú (1950 metros), desafio num paredão vertical com 300 degraus de ferro presos na pedra – Não deixe de contratar um guia com equipamentos de segurança.

Casa na base da Pedra do Baú

Por fim, os plátanos que adornam graciosamente a linha do bonde (a mais alta do país, chegando a 1743 metros), as araucárias que envergam seus galhos e grimpas com tamanha elegância, e o relevo montanhoso de tão belas saliências merecem uma atenção cuidadosa para a natureza de Campos do Jordão. Os passeios vão desde o paisagismo plácido do Parque Amantikir, formado por jardins temáticos de diversos países, até os arvorismos, rapéis e tirolesas dos parques Aventura no Rancho, Bosque do Silêncio e Tarundu, este último um programão para famílias por agregar atividades como paintball, orbit ball, arco e flecha, patinação no gelo, minigolfe e passeios a cavalo. Aliás, para quem almeja uma cavalgada mais personalizada, a Hípica Golf tem animais de raça e infra especializada.

Se ainda sobrar fôlego, considere fazer uma das trilhas do Horto Florestal, que tem trekkings até para crianças, ou radicalize de vez e escale a Pedra do Baú (1950 metros), desafio num paredão vertical com 300 degraus de ferro presos na pedra – Não deixe de contratar um guia com equipamentos de segurança.


Imóveis em Campos do Jordão

  • 3 BR
  • 2 WC
  • Acomoda 8
25
tarifa média/noite
  • 1 BR
  • 1 WC
  • Acomoda 3
  • 1 BR
  • 1 WC
  • Acomoda 5
32
tarifa média/noite
  • 3 BR
  • 2 WC
  • Acomoda 6
24
  • 1 BR
  • 1 WC
  • Acomoda 6
27

Chegou a hora de tirar os casacos do guarda-roupa. A partir do dia 26 de maio, feriado de Corpus Christi, um ruidoso circo de inverno será armado em Campos do Jordão, abrindo oficialmente a temporada 2016 de badalação, gastronomia e entretenimento na grande estrela da Serra da Mantiqueira.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter

Receba as últimas novidades por email
Facebook           instagram           Twitter           pintrest

Procure sua casa para temporada

Encontre a casa perfeita para as suas férias



Últimos Artigos

Destinos históricos para ir em família

O feriado da Independência chegou e você conseguiu uma folga na sexta-feira? Separamos cinco dicas de cidades pelo Brasil que sã…

Destinos históricos para ir em família

O feriado da Independência chegou e você conseguiu uma folga na sexta-feira? Separamos cinco dicas de cidades pelo Brasil que sã…

Rota do Vinho: Gramado, Canela e Bento Golçalves

Aproveite o clima de inverno na Serra Gaúcha para uma viagem gastronômica e conheça diversas regiões de vinícolas brasileiras.

Roteiro cervejeiro pela Europa e Brasil

Quem adora pesquisar novos rótulos, visitar fábricas e bares com boas cervejas não pode perder estas dicas.