De olho no mercado

Locação do segundo imóvel é alternativa para aumentar renda em ano de crise econômica

O ano de 2015 não promete um cenário muito melhor para a economia mundial e menos ainda para a brasileira. As notícias de cortes de gastos, ajustes nos preços e aumento do dólar, que ano passado fechou com alta de 13% frente ao real e tem previsão de chegar a R$3,20 neste primeiro trimestre do ano, estão fazendo o brasileiro rever o orçamento e pensar em medidas alternativas para o momento de crise.


locação do segundo im´voel2-big.jpg

Uma das saídas é cortar viagens para fora do país, priorizando destinos nacionais. Com esse movimento, o aluguel por temporada ganha força, oferecendo tarifas mais vantajosas.

    banner_blog_seguro.jpg
 

A explicação para o aumento da renda com o aluguel do imóvel é simples: esse ano são 10 os feriados que permitem aos viajantes “enforcar” alguns dias de semana, o que significa uma alta temporada o ano todo. Além disso, viajar não parece estar na previsão de cortes do orçamento doméstico do brasileiro.

 

De acordo com sondagem mensal de intenção de viagem do consumidor, realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para o Ministério do Turismo, em janeiro 25,6% dos brasileiros planejavam viajar até julho. A maioria, 73,6%, pretendia visitar algum destino dentro do Brasil. O avião é o meio de transporte escolhido por 58,5%, enquanto que 24,4% farão os deslocamentos de carro.

 

O mercado doméstico vem aquecendo desde o último ano. Dados do Ministério registram um desempenho recorde em 2014. Cerca de um terço da população, o equivalente a 62 milhões de brasileiros, visitou algum destino nacional em 2014, totalizando quase 206 milhões de deslocamentos pelo país.


VEJA TAMBÉM