Receba Bem

Alugar ou não o imóvel com empregados?

 

Quando se coloca um imóvel para alugar, vem a seguinte dúvida: devo deixar a propriedade vazia e livre para meu inquilino? Ou devo alugá-lo com a presença de um empregado de confiança?


alugar-imovel-empregados-2.jpg

Especialistas do setor afirmam que alugar um imóvel por temporada mantendo um empregado de sua confiança como responsável é muito positivo. Ele pode ficar responsável pela limpeza, cozinha e lavagem das roupas, cuidando assim do imóvel e também do hóspede. Ou seja: além de garantir que a propriedade será bem utilizada, o empregado irá inclusive agregar mais valor à estada do viajante.

 
banner_blog_seguro.jpg
 

Muitos proprietários optam por alugar seus imóveis apenas com a presença obrigatória de um empregado, já outros preferem apenas sugerir o empregado ao inquilino, deixando a decisão a cargo do viajante. Mesmo que prefira deixar a decisão a critério do cliente, sugerir como praxe a presença do empregado pode ser bastante positivo — para ambos os lados.

   

Recomenda-se, porém, que esse funcionário seja remunerado diretamente pelo locatário, incentivando-o, dessa forma, a prestar um bom serviço e também a gostar que a casa seja alugada mais vezes. “Dessa forma, o empregado (empregada doméstica, cozinheira, caseiro, entre outros) irá se tornar um verdadeiro parceiro na conquista de inquilinos”, confirma Gustavo Lins, proprietário de um apartamento no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca.

 

O proprietário diz ainda que a diária de um empregado doméstico nesses casos varia de R$60 a R$90,00: “É importante que o proprietário confirme o valor médio local da região e combine tudo previamente com o empregado e com seu inquilino. Assim, todos vão sair ganhando e o imóvel permanecerá sempre intacto e em boas mãos”, indica Gustavo.

 

VEJA TAMBÉM