Receba Bem

A importância da vistoria na entrega das chaves para o inquilino

 

Ao disponibilizar seu imóvel para locação, o proprietário está cedendo seus móveis, utensílios e acessórios para pessoas que, em geral, ele não conhece. Por isso, muitos cuidados são necessários para preservar os bens e evitar prejuízos com móveis quebrados, objetos furtados ou danificados.


vistoria-antes-chaves-1.jpg

Uma maneira eficaz de minimizar os riscos é elaborar uma ficha de avaliação que contém o que o dono receberá de volta. No documento devem estar anotados o estado de conservação e as condições de uso de cada item.

 

Mario Galvão, gerente geral da Go House, que administra cerca de 150 imóveis no AlugueTemporada, explica que a principal preocupação do proprietário, no entanto, deve ser na prevenção: “É importante inibir qualquer dano porque correr atrás do locatário depois que ele deixa o imóvel é muito complicado.”

   

A dica que o gerente dá aos proprietários é deixar bastante explícitas as regras e normas e destacar que há multas por descumprimento. Os principais problemas, conta Mario Galvão, são hóspedes que fumam dentro do imóvel e que usam toalhas como pano de chão. “O laudo de vistoria é um inventário. Ele é importante porque a pessoa assina e percebe que o negócio é sério. Ela sabe que pode ser responsabilizada pelos danos porque assinou um documento. Isto inibe muito”, diz o gerente da Go House.

 

Ao elaborar a ficha de avaliação, é aconselhável que sejam incluídos apenas os itens maiores, como aparelhos eletrônicos, blindex e móveis. Segundo Mario, objetos menores, como copos e talheres devem ficar de fora. “É inviável conferir estes detalhes no momento da saída, pois essa vistoria iria demorar quase uma hora para ser feita. Locação é um risco. Não vamos cobrar um copo quebrado”, explica.

 

Uma boa seleção do inquilino também evita problemas. O gerente da Go House explica que o processo de reserva exige dados e documentação. “Deixamos bem claro antes de assinar o contrato a quantidade de pessoas. E essa ficha com todos os nomes fica com o porteiro, que verifica na hora da entrada, no caso de apartamentos e condomínios. Isso também evita que o inquilino pense em colocar mais pessoas do que o permitido. Pessoas mal-intencionadas acabam desistindo da reserva antes”, finaliza Mario Galvão.


VEJA TAMBÉM