Meu primeiro aluguel

Dicas de como elaborar um livro de boas-vindas para os viajantes

Que tal agradar e facilitar a vida dos viajantes e a sua própria? A ideia é simples: elaborar um livro de boas-vindas e disponibilizar na entrada do imóvel. Neste livro, a criatividade nunca é demais, porém alguns pontos são fundamentais e precisam ser abordados.


Como elaborar um livro de boas vindas-big.jpg

Esta prática vai reduzir seu trabalho, pois vai tirar muitas dúvidas do viajante sem que ele tenha que ligar para esclarecê-las. Lembrando que o material não pode ser muito maçante, precisa ser curto, claro e objetivo para que o hóspede leia rapidamente e compreenda as instruções.

 

Uma sugestão interativa e que pode melhorar a experiência dos viajantes é deixar algumas páginas do livro em branco no fim e incentivá-los a escrever suas experiências e sugerir espaços e atrações que não estavam no livro. A prática é simples e pode gerar bons resultados, basta confeccionar o livro, de preferência utilizando um fichário onde é possível inserir e retirar folhas quando necessário.

 

A disponibilização do livro é importante para os seguintes aspectos:

 
  1. Ajudar os hóspedes a conhecerem as atrações nas redondezas do imóvel, como as praias mais próximas, como chegar aos restaurantes mais interessantes da região, shoppings, farmácia, postos de saúde, entre outros.

  2. Solucionar dúvidas sobre o imóvel, especialmente a respeito das acomodações, das roupas de cama e banho, entre outras informações sobre a casa ou o apartamento.

  3. Reduzir ligações dos hóspedes para solucionar dúvidas durante a estadia.

  4. Garantir a melhor estadia aos viajantes (eles podem voltar e indicar o imóvel!)
 

Veja algumas sugestões de informações para inserir no livro:

 

Informações sobre a região

 
  • Um mapa simples da região do imóvel

  • Informações de restaurantes locais e, se possível, informações sobre o que é servido e média de preço;

  • Números de hospitais, farmácias e outras facilidades médicas da região;

  • Incluir o telefone do seguro residencial ou assistência residencial, caso tenha alguma emergência que seja atendida por eles;

  • Lista de supermercados próximos;

  • Informações sobre a localização do aeroporto, rodoviária, entre outros;

  • Informações sobre shoppings da região e melhores lugares para compras;

  • Telefone para taxi.
 

Informações sobre o imóvel

 
  • Instruções para utilizar os aparelhos disponíveis, como televisão a cabo, ar-condicionado, internet, DVD, voltagem para utilização de eletrodomésticos, entre outros;
 

Informações de emergência

 
  • Contato dos proprietários dos imóveis;

  • Contato do caseiro ou outro funcionário do imóvel (se existir);

  • Contato do SAMU, polícia e bombeiro locais;
 

Regras de locação

 
  • Informações sobre políticas e horários de check-in e check-out;

  • Informações sobre estacionamento;
  • Informações sobre as políticas da região quanto a barulho;

  • Informações sobre o funcionamento do prédio ou condomínio. Tais como: utilização do elevador de serviço, vagas de estacionamento disponíveis, política para receber entregas de comida e etc;

  • Listar os utensílios disponíveis no imóvel e esclarecer regras em caso de hóspedes quebrarem algo;
 

VEJA TAMBÉM