Pesca

Um excelente modo de relaxar que o AlugueTemporada te ajuda a ter!

Todos os direitos da foto reservados ao usuário do Flickr iCode.

Conheça top 3 destinos para pescar

Ideal para quem gosta de passar momentos tranquilos e divertidos na companhia dos amigos, a pesca é uma das atividades de lazer mais praticadas no mundo todo. Se você quer entrar em contato com a natureza, dar boas risadas e, de quebra, voltar para casa com muitos peixes - ou histórias de pescador -, prepare a isca e o anzol e boa pescaria!

Amazônia

Nessa região que possui a maior bacia hidrográfica do mundo - Amazonas -, a união entre pescaria e natureza exuberante é imbatível! Símbolo da Amazônia, o igapó é um verdadeiro “pomar” para os animais que habitam a área durante as inundações, quando as árvores da várzea frutificam. Desde os minúsculos inverterbrados até os peixes e os gigantescos jacarés, todos desenvolveram adaptações para viverem nas áreas inundadas ocupadas por essas raízes. A pesca amadora é praticada nos rios, igarapés e igapós. A bacia amazônica tem a maior diversidade de peixes do mundo – quase 3 mil espécies. Difícil não encontrar um rio ideal para a pescaria, mas alguns são mais conhecidos e têm maior infra-estrutura. O Madeira e o Uatumã são boas pedidas, assim como o Negro, que com suas águas escuras e sem mosquitos, é um paraíso para os pescadores. As principais espécies de peixes encontradas na região são as cachorras, o dourado, o jaú, as traíras e os tucunarés.

Pantanal

Um dos mais belos santuários ecológicos do Brasil, com fauna riquíssima e muitos, mas muitos, peixes, o Pantanal disputa com a Amazônia a preferência dos pescadores de plantão. Essa região deslumbrante ocupa grande parte de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e é o lar de quase 2 mil espécies. O Pantanal tem mais de 260 tipos de pescados vivendo em seus rios, e os mais cobiçados são o pacu, o pintada, a cachorra e o jaú. Mas nenhum desses é tão desejado quanto o dourado, peixe que é a estrela da região. Atenção: existem períodos em que a pesca é proibida no Pantanal, especialmente quando ocorre a desova. Nos rios estaduais do Mato Grosso do Sul, a pesca é proibida de 3 de novembro a 31 de dezembro, e nas áreas de reserva essa proibição vai até 28 de fevereiro. No rio Paraguai, esse limite dura um pouco menos: 15 de fevereiro.

Rio São Francisco

O Rio São Francisco nasce no estado de Minas Gerais, e percorre 2,7 mil quilômetros até chegar no Nordeste. Com 19 afluentes abundantes, a sua bacia abriga mais de 150 espécies de peixes, nativas e naturais de outras áreas. Entre elas, existem as migradoras, como o surubim e o matrinxã, e as sedentárias, como as corvinas, o piau-branco e a traíra. Se tiver sorte, o pescador também pode fisgar um peixe de espécies exóticas, como os tucunarés. Um bom local no São Francisco é Bom Jesus da Lapa (BA), ideal para a pesca de piaus e surubins. A capital do Sergipe, Aracaju, também é uma parada obrigatória, perfeita para pescar muitos pintados. A melhor época é entre maio e outubro, depois do período de cheias.


Siga o AlugueTemporada

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • Youtube
  • Linkedin

Inscreva-se para receber a nossa newsletter

Receba as últimas novidades por email

Inscreva-se para receber a nossa newsletter

Receba as últimas novidades por email