Chapada Diamantina

Chapada Diamantina e suas enormes belezas naturais

Chapada Diamantina, BA - Todos os direitos da foto reservados ao usuário do Flickr Danielle Pereira.

As muitas faces da Chapada Diamantina

Se você pensa que o estado do vatapá e do acarajé só vive de praia no verão está muito enganado, oxénti! Além das inúmeras praias que compõem seu litoral, a Bahia possui uma das mais belas regiões de montanhas do país: a Chapada Diamantina, recheada de vales, cavernas e chapadões com uma formação rochosa única. O local tem atividades para os cabras de todos os tipos, de acampamentos a sessões de trekking (caminhada ecológica), passando por mergulhos em cavernas e escaladas em morros e chapadas.

Deixe seu lado zen tomar conta

Se você acha que a vida já é estressada demais para passarmos as férias sob tensão com esportes radicais ou dançando oito horas seguidas na balada, a melhor maneira de aproveitar a Chapada Diamantina é buscar um dos muitos recantos naturais que o local oferece, com as bonitas regiões que cercam o Vale do Pati. Para aqueles que querem ficar ainda mais zen, as pousadas da região oferecem saunas de purificação, banhos de argila e medicina holística.

Só com a mochila nas costas

Nada como uma região cheia de trilhas, morros, vales e cachoeiras para saciar aquela vontade de explorar ambientes selvagens. A famosa Cachoeira da Fumaça, com seus mais de 350 metros de quedra livre d’água, a Gruta da Lapa Doce e o Morro do Pai Inácio são alguns dos destinos que merecem ser vistos de perto. Se você vai acampar durante as trilhas não esqueça de levar o repelente!

Paraíso azul no meio das cavernas

No coração da região que é o coração da Bahia está localizada a cidade de Nova Redenção, com seus poucos mais de 7 mil habitantes. O município poderia passar despercebido, não fosse o fato de que possui um dos mais bonitos locais para a prática de mergulho no Brasil. O Poço Azul encanta os turistas com suas águas transparentes, de tom azulado quando os raios de sol entram e prateados em noites de lua cheia. A profundidade chega a 16 metros e é permitido nadar em alguns trechos. Cuide para não confundir o Poço Azul com o Poço Encantado, que fica em Itaetê, e onde não é permitido mergulhar em suas águas.


Siga o AlugueTemporada

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • Youtube
  • Linkedin

Procure sua casa para temporada

Encontre a casa perfeita para as suas férias