Onde ficar em Paraná, BR?

Para 2018, temos 176 opções de aluguel de temporada perto de Paraná. De 80 Estúdios a 79 Apartamentos, encontre o lugar perfeito para se hospedar com a família ou os amigos no fim de semana ou nas férias. Não tenha dúvidas: o AlugueTemporada tem tudo o que você precisa para a sua estadia.

Quais são os principais destinos mais visitados em Paraná?

Existem várias opções de locais onde se hospedar durante um longo feriado ou apenas um fim de semana em Paraná. De acordo com os visitantes do AlugueTemporada, os principais destinos são:

  • Guaratuba: 122 imóveis para aluguel de temporada
  • Caiobá: 87 imóveis para aluguel de temporada
  • Matinhos: 98 imóveis para aluguel de temporada
  • Curitiba: 49 imóveis para aluguel de temporada
  • Pontal do Paraná: 67 imóveis para aluguel de temporada

Com o AlugueTemporada, você tem a oportunidade de descobrir outros destinos populares em Paraná! Use nossa barra de pesquisa para descobrir as opções de acomodações com auto-atendimento disponíveis em outros destinos populares.

Quais são as principais cidades em Paraná?

Para viagens sozinho ou com a família e os amigos, estas são as cidades em Paraná com o maior número de opções de casas de veraneio para as férias perfeitas:

  • Guaratuba: 122 casas de veraneio
  • Matinhos: 98 casas de veraneio
  • Curitiba: 49 casas de veraneio
  • Pontal do Paraná: 67 casas de veraneio
  • Foz do Iguaçu: 17 casas de veraneio

Para outras cidades, use nossa barra de busca para descobrir as opções de casas de veraneio disponíveis.

Posso encontrar imóveis para aluguel de temporada de fácil acesso quando for viajar para Paraná?

É claro que sim. Nossos proprietários oferecem uma vasta seleção de imóveis para aluguel de temporada próximas a aeroportos. Os aeroportos com grandes opções de imóveis para aluguel de temporada em Paraná são:

  • Curitiba (BFH-Bacacheri): 47 imóveis para aluguel de temporada
  • Cataratas do Iguaçu (IGU-Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu): 17 imóveis para aluguel de temporada
  • Curitiba (CWB-Aeroporto Internacional Afonso Pena): 47 imóveis para aluguel de temporada

Use nossa barra de busca para descobrir a seleção de imóveis para aluguel de temporada disponíveis.

Quais são melhores áreas para se hospedar em Paraná próximas aos pontos de interesse e turísticos mais populares?

O AlugueTemporada oferece diversas opções de casas de férias próximas aos melhores lugares para visitar em Paraná. De acordo com os viajantes do AlugueTemporada, os pontos de interesse mais populares em viagens de férias ou fins de semana são:

  • Praia de Caiobá: 131 casas de férias
  • Praia Mansa: 132 casas de férias
  • Praia de Guaratuba: 143 casas de férias
  • Praia Coroados: 141 casas de férias
  • Praia de Brejatuba: 141 casas de férias

Mas há muitos outros pontos de interesse em Paraná listados no AlugueTemporada. Encontre sua acomodação próxima a eles. Basta escrever o destino que você procura na barra de busca e começar a descobrir nossa seleção de acomodações para aluguel de temporada.

GUIA DO PARANÁ

POR QUE IR?

Primeiro estado da Região Sul do Brasil, o Paraná possui história e origem comuns aos outros estados sulinos, tendo pertencido em grande parte aos castelhanos, no primeiro século após a chegada europeia à América. Os pioneiros europeus na região foram os missionários jesuítas, patrocinados pela Coroa Espanhola, com o objetivo de oferecer aos indígenas guaranis educação formal europeia e catequização na Fé Cristã. A aproximação por meio da cultura era vista pelos espanhois como uma forma de fazer os nativos aderirem expontaneamente às campanhas de colonização.

A partir da década de 1620, bandeirantes paulistas começaram a invadir e avançar pelas posses espanholas e o território atual paranaense pertenceu a São Paulo até 1853, quando foi desmembrado e criado o Paraná. O estado se desenvolveu muito desde então, se tornando uma das unidades federativas mais ricas do Brasil. Com pouco mais de 10 milhões de habitantes, o Paraná é o maior produtor nacional de milho e de soja, uma indústria forte focada em madeira, metalurgia (e automóveis) e celulose, além de força comercial e turística.


O QUE FAZER?

A partir do século 19, o Paraná, como os outros estados do Sul, recebeu enormes levas de imigrantes vindos principalmente da Polônia, Ucrânia, Itália e Alemanha. Japoneses também chegaram ao estado paranense, estimulados principalmente pelas plantações de café. A maioria das cidades paranaenses são marcadas pela herança, arquitetura e costumes trazidos pelos imigrantes, principalmente Irati, Mallet, União da Vitória, Pitanga, Apucarana e até Curitiba onde são comuns celebrações religiosas e festas típicas desses povos.

O estado também apresenta oportunidades para turistas que querem curtir praias, como a Ilha do Mel, ou para quem busca ecoturismo, em Foz do Iguaçú. Além das Cataratas do Iguaçú, a cidade do oeste paranaense também faz fronteira com o Paraguai, pela Cidade do Leste, uma zona de livre comércio onde é possível encontrar produtos eletrônicos, vestuário e cosméticos, entre outros, por preços convidativos.


ONDE IR?

Cultura

Durante o domínio espanhol, a região era conhecida como Republíca del Guayra (o que atualmente é o oeste paranaense), e foram construídas pelos jesuítas inúmeras edificações religiosas e educacionais. Na região de Toledo, principalmente na cidade de Guaíra, onde ainda é mantido o Cruzeiro das Américas e a Igreja de Pedra Nuestro Señor Del Perdón, capela espanhola construída nos anos 1600.

Após a consolidação portuguesa, o Paraná ficou marcado pela cultura dos tropeiros (ou carreteiros), que transportavam produtos, animais e correspondências entre os estados brasileiros nos séculos 17 e 18. Esses homens ligavam os estados do Sul à Sorocaba, em São Paulo e ao resto do Brasil e deixaram como herança inúmeras cidades paranaenses, como Ponta Grossa, Castro e União da Vitória, na fronteira com Santa Catarina, que criaram museus e outras formas de preservação dessa importante cultura.


Gastronomia

O Paraná compartilha algumas tradições gastronômicas com os outros estados do Sul, como o hábito de consumir pinhão, semente da araucária, árvore típica da região. Outro habito é a infusão de erva-mate quente ou fria, semelhante aos gaúchos e paraguaios. Dos imigrantes poloneses e ucranianos, os paranenses herdaram o kutiá, um pudim doce eslavo e o pierogi, um pastel cozido recheados com batatas, guizado ou queijo.

Mas o prato mais popular do Paraná é de origem açoriana: o barreado. Sua receita já tem mais de três séculos é sempre feita em panelas de barro, conforme as tradições portuguesas. Os principais ingredientes é a carne cozida (normalmente bovina), e é servido com arroz, farinha e frutas, acompanhado por vinho. Pode ser encontrado em sua composição original nas cidades de Morretes, Antonina e Paranaguá.


Esportes

Em Curitiba estão situados clubes de futebol de destaque no cenário nacional e internacional, como os campeões brasileiros Atlético Paranaense e Coritiba, e o Paraná Clube. Na capital também estão os três estádios mais importantes do estado, respectivamente: a Arena da Baixada (sede paranense da Copa do Mundo 2014), o Couto Pereira e a Vila Campanema (sede paranense da Copa do Mundo 1950).

Outro esporte de destaque é o automobilismo. O Paraná é a terra de pilotos como Augusto Farfus, Débora Rodrigues, Sérgio Paese, Wellington Cirino e José Cordova. O Autódromo Internacional de Curitiba, que apesar do nome, é localizado na cidade vizinha de Pinhais, recebe competições como a Stock Car Brasil, Fórmula Truck e Fórmula 3.


Natureza

Conhecida pela tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, a cidade de Foz do Iguaçú é um dos destinos turísticos brasileiros mais famosos, principalmente pelas Cataratas do Iguaçú, que compreende os três países. Considerada uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo, as Cataratas formam um conjunto de 275 quedas d''água, sendo a chamada Garganta do Diabo, localizada no lado brasileiro, a mais bela delas.

No Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, está outra maravilha do Paraná. As formações de areia datam de mais de 340 milhões de anos e possuem pedras e muralhas avermelhadas que lembram construções de antigas vilas medievais. Uma das formações mais famosas é chamada de “Taça”, é o símbolo do local e cuja forma inspirou o nome ao qual os tropeiros se referiam à cidade de Ponta Grossa.


Praias

O litoral paranaense é mais frequentado por turistas internos, mas a Ilha do Mel, no município de Paranaguá, com sua beleza única, atrai as atenções inclusive de visitantes de fora. As melhores praias do Paraná estão na Ilha do Mel, que também conta com atrativos arquitetônicos, como o Farol das Conchas e a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres (do século 18), e atrativos naturais, como o Passa-Passa, um istmo (estreita faixa de terra cercada por água) e a Gruta de Encantadas.

Para chegar até o local, uma dica é utilizar a Estrada de Ferro Paranaguá-Curitiba, que parte da capital paranaense e atravessa a cidade histórica de Morretes, além de cruzar pontos praticamente intocados da Serra do Mar, oferecendo no caminho até a praia um contato com as belezas naturais do Paraná.