Danças


Danças típicas brasileiras e festivais


Do encontro das culturas europeia, africana e nativa, surgiram as danças típicas do nosso país. Ao redor do Brasil, diversas delas ganharam destaque e se tornaram mais populares. Além das tradições folclóricas na dança, preservadas até hoje, também merecem atenção alguns festivais que recebem grupos de diversas partes do mundo, como o de Joinville. Saiba mais sobre os diferentes ritmos e tradições das danças típicas do Brasil.

Frevo


Uma das danças mais famosas do folclore nacional, o frevo tem sua música inspirada em uma mistura contagiante de marcha rápida e polca. Com grande capacidade de comunicação, ele tornou-se rapidamente uma dança de multidão, sendo muito popular em estados nordestinos como Pernambuco, especialmente em sua capital, Recife.

Fandango


Difundido em diversas regiões brasileiras, o fandango tornou-se muito popular no Nordeste e, principalmente, nos estados da região Sul. Considerado requintado e elegante, possui coreografias com grandes efeitos cênicos, o que torna essa dança uma das mais admiradas do nosso folclore.

Maracatu


Com influência de tradições tribais africanas, especialmente do Sudão, o maracatu surgiu no Brasil como um cortejo para louvar Nossa Senhora. Inicialmente, os diversos grupos praticantes da dança eram liderados por estandartes que apresentavam figuras de animais. Rapidamente, o maracatu foi popularizado e incorporado às tradições culturais locais.

Carimbó


Típico do Pará, o principal instrumento do carimbó, um tambor feito de tronco cavado e couro de veado, leva o mesmo nome da dança. Sua coreografia é feita em uma roda, onde homens e mulheres se movimentam acompanhando as notas e o ritmo da música.

Xaxado


Muito popular no Nordeste brasileiro, o xaxado era inicialmente praticado pelo grupo de Lampião, o Rei do cangaço, como uma forma de afrontar a polícia. Substituindo as parceiras, os cangaceiros dançavam com seus rifles, seguindo em fila e arrastando as alpargatas no chão. Devido aos movimentos da dança, os calçados produziam um som de “xá, xá, xá”, que deu origem ao nome do ritmo. Em meio a um bailado cheio de ritmo e vigor, a música é simples e de fácil aprendizado, sendo acompanhada da sanfona, da zabumba e do triângulo.

Festival de Dança de Joinville


Criado em 1983 por um ex-bailarino e uma artista plástica, o Festival de Dança de Joinville ocorre anualmente, durante o mês de julho. É considerado o maior evento do mundo em número de participantes. Mais de 4.500 bailarinos participam do festival, que ocorre ao mesmo tempo que eventos como a Mostra de Dança Contemporânea e o Festival Meia Ponta. Os participantes são julgados por um júri muito rigoroso, durante oito noites. No festival, sete gêneros são praticados: Ballet Clássico de Repertório, Ballet Clássico, Dança Contemporânea, Sapateado, Jazz, Danças Urbanas e Danças Populares.

Procure sua casa para temporada

Encontre a casa perfeita para as suas férias

Inscreva-se para receber a nossa newsletter

Receba as últimas novidades por email